Comprar carro com o nome sujo, é possível?

--*--

Por conforto, praticidade e maiores vantagens na hora de viajar em família a ideia de possuir um carro é o sonho de muitas pessoas, porém existem razões específicas que impedem que algumas o realizem, e o nome registrado no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) é um deles.

Diante da grande proporção de pessoas com o nome negativado, algumas empresas desenvolveram métodos para ajudar seus clientes a realizarem a compra sem a consulta do SPC.

Uma das maneiras que as entidades realizam o financiamento é utilizando nome de pessoas próximas ao cliente que não tenham o nome em restrição no SPC para ser o fiador.

É produzido um contrato em que é evidenciada a relação dos envolvidos e a transferência do nome de posse para o real comprador assim que tudo estiver quitado, contudo ainda é válido lembrar que o fiador precisa comprovar renda na agência do automóvel, por isso é necessário de alguém que tenha altos scores de crédito para obter sucesso na efetivação da compra.

Outra alternativa que pequenas empresas aderiram, é manter o carro na CNPJ do vendedor, e apenas quando o valor é totalmente quitado que será repassado para o nome do cliente, mas geralmente isso ocorre no caso de carros semi-novos. Para uma pessoa que possui o nome sujo, mas tem alguma CNPJ aberta pode utilizar a mesma para concretizar a aquisição. Hoje também é fácil conseguir um CNPJ na categoria MEI( Micro Empreendedor Individual), é possível realizar abertura pela internet através de sites de contabilidade, todavia é necessário cumprir os requisitos e saber que existe uma certa fiscalização que pode atrasar a obtenção do veículo.

Dessa forma é admissível efetuar compras de veículos estando negativado. A tendência é sempre surgir uma nova possibilidade para o desenvolvimento, é o perfeito exemplo que as companhias e estabelecimentos tentam acompanhar a sociedade e proporcionar oportunidade de compra e movimento de mercado.