Saiba tudo sobre como financiar um carro zero

--*--

O valor do custo do uso dos ônibus coletivos está aumentando mais a cada período do ano. Em algumas cidades do país, essa taxa chega a R$ 6,00. Para as pessoas que precisam usar os coletivos todos os dias, este um gasto excessivo no final do mês que pode comprometer despesas indispensáveis para a sobrevivência.

A saída encontrada por muitos nessa situação é adquirir o próprio carro. Como o valor que é gasto com passes de coletivos pode ser investido em combustível, esse meio de transporte é mais econômico. Compre carros em consórcio, à vista, parcelado, financiamentos e outras modalidades.

Existem muitas formas de comprar um carro e que podem ser facilmente acessadas. Mas a que é mais utilizada é o financiamento do carro.

O funcionamento do serviço é o seguinte: o cliente escolhe o carro que pretende comprar e assina um contrato com o banco para lhe fornecer o valor referente ao carro. Na concessionária, o carro é comprado à vista, mas o comprador passa a pagar esse valor de forma parcelada ao banco.

No entanto, muitas instituições bancárias exigem pagamentos parciais como entrada. Mas há outras que permitem aos clientes financiar 100% do carro. Dessa forma, o cliente não precisa se preocupar em juntar o valor necessário para pagar de uma parte do carro como adiantamento.  

Muitas questões têm sido levantadas sobre esse assunto, a maioria delas relacionadas à segurança da transação, a principal é: Vale a pena financiar sem dar entrada? Continue conosco e confira!

Em primeiro lugar, é necessário dizer que isso dependerá em grande medida do uso pretendido do veículo. Poucas empresas oferecem esse tipo de serviço. No entanto, se você encontrar uma condição que se adapte à sua situação financeira, deve considerar a finalidade do veículo.

Por exemplo, se você pretende usá-lo como ferramenta de trabalho, pode parcelar, como se estivesse pagando um aluguel de carro. Porém, se você deseja utilizar o carro como ferramenta de lazer, é recomendável calcular melhor todas as despesas, incluindo juros e despesas adicionais.

Isso ajudará a verificar se o financiamento de 100% do carro está quitado. Portanto, é importante estudar as opções que o mercado oferece a você e todas as taxas e juros.

A chave de um bom andamento do financiamento é o planejamento financeiro. Sabendo qual será o valor e a quantidade das parcelas é possível traçar um plano de pagamento de forma que as contas do mês não sejam prejudicadas e nenhuma parcela seja atrasada.