Veja como financiar uma moto sem precisar dar nada de entrada

--*--

Adquirir a moto própria é o desejo de várias pessoas. Alcançar essa meta é desafiador para uma parte desse público, já que é necessário economizar em alguns gastos e realizar cortes de despesas, tudo isso para conseguir comprar a moto à vista.

O fato é que muita gente não consegue realizar as tarefas necessárias para arrecadar o valor do veículo. É por esse motivo que elas eventualmente solicitam créditos pessoais e entram em um consórcio ou financiamento. O financiamento facilita a vida de quem precisa parcelar essas compras.

O que é financiar?

Os interessados em comprar uma moto possuem o desejo de pagá-la em dinheiro e não parcelar. O financiamento é ideal para quem não pode fazer esse tipo de pagamento. Nesse sentido, financiar é, basicamente, firmar um contrato de compra com o banco para que ele pague pelo veículo e você devolva o valor de forma parcelada.

Qual é o papel do cliente nesta transação?

O cliente deve escolher a marca e o modelo do veículo. Alguns bancos permitem a escolha da concessionária. A escolha prévia dará ao cliente uma margem do valor a ser financiado. Após a escolha da moto, o cliente deve procurar um banco para realizar a solicitação.

Cabe ressaltar que cada banco possui uma política diferente. Todavia, quando o assunto é financiamento todos possuem regras iguais em relação ao seu funcionamento.

Quais são as regras do financiamento?

As principais características do financiamento estão relacionadas ao valor do veículo, valor de entrada, número de parcelas e taxa de juros. Essas características interferem diretamente no valor final do veículo.

1.    O valor do veículo é escolhido pelo cliente ao determinar a marca e o modelo da moto;

2.    O valor da entrada é parte do valor do veículo que o cliente paga de forma antecipada ao banco. Esse valor é, geralmente, 20% do valor total;

3.    O número de parcelas é a quantidade de vezes em que você pagará a dívida;

4.    A taxa de juros é um adicional ao serviço. Todos os bancos possuem, mas cada um tem a sua.

Algum banco permite financiar sem precisar pagar o valor da entrada?

Embora pareça mentira, alguns bancos, inclusive populares, financiam 100% do veículo. Um exemplo disso é o Banco do Brasil que permite que o cliente parcele em 60 vezes e pague a primeira parcela em 90 dias.

Entretanto, como já foi dito, cada banco tem sua política de funcionamento. Isso quer dizer que as taxas de juros são extremamente diferentes. Por esse motivo deve-se tomar cuidado ao escolher a instituição financeira para que valor final da sua moto.

Como solicitar o financiamento sem entrada?

Alguns bancos já permitem que a solicitação seja feita pela internet. Após fazer sua pesquisa, tenha em mãos seus documentos pessoais regularizados. São eles: RG, CPF, comprovante de renda, comprovante de residência e CNH.


Receba mais informações gratuitamente