Cartões de crédito Itaú e Santander: qual o melhor?

Cartões de crédito Itaú e Santander: qual o melhor?

Entre as muitas ofertas do mercado, os cartões de crédito do Itaú e do Santander destacam-se por oferecer aos clientes alguns benefícios. Mas, se você está pensando em adquirir um cartão, deve estar se perguntando: afinal, qual é o melhor? Para começar, uma boa dica é pesquisar a reputação de cada um na plataforma “Reclame Aqui”. Isso te ajudará bastante na sua decisão.

Ler mais

Em 1993, visitando Palma de Mallorca e Getxo a capital do País Basco

Em 1993, visitando Palma de Mallorca e Getxo a capital do País Basco

Jamil e Freddie me levam para conhecer seus amigos ciganos. O patriarca, carinhosamente chamado de “Abuelo”, está sentado em uma imponente cadeira, um tanto gasta pelo tempo e pelo uso, no quintal de sua imensa casa. Uma fogueira arde na noite fria de Mallorca. Ele me recebe como a um filho, conta-me fatos pitorescos da vida do povo cigano, fala-me do padrão de conduta moral que ele continuava a transmitir aos mais jovens do clã.

Ler mais

Pagamento do BPC foi liberado para mais de uma pessoa da mesma família

Pagamento do BPC foi liberado para mais de uma pessoa da mesma família

A CDH (Comissão de Direitos Humanos) do Senado já aprovou a proposta que possibilita a concessão do BPC (Benefício de Prestação Continuada) a mais de uma pessoa com deficiência de uma mesma família. O Projeto de Lei número 3.260/2019 será votado na CAS (Comissão de Assuntos Sociais) em caráter definitivo.

A autora da proposta foi a senadora do PSDB-RJ, Mara Gabrilli. Ela afirmou que ao incluir o BPC de uma pessoa com deficiência no cálculo da renda familiar per capita (por pessoa), uma segunda pessoa com deficiência da mesma família não poderá receber esse mesmo benefício. Esse fato está descrito na Lei Orgânica da Assistência Social número 8.742/1993 (LOAS).

A senadora deseja incluir no Estatuto da Pessoa com Deficiência (que se refere à Lei nº 13.146/2015) uma emenda que determina que o recebimento do BPC de uma pessoa com deficiência não seja registrado no cálculo da renda por pessoa da família.

Essa medida já vale para as pessoas idosas e é citada no artigo 20 da LOAS, que, por sua vez, não nega aos idosos o direito de receber o benefício. O objetivo buscado pela senadora é o de igualar essa situação com as pessoas com deficiência.

Mara Gabrilli considera que o benefício é um direito assegurado pela Constituição. Dessa forma, não pode haver uma pessoa com deficiência com hipossuficiência que não receba o BPC.

O senador do Podemos – RJ, Romário, votou a favor da medida. Ele considera que não há motivos para não tratar idosos e pessoas com deficiência da mesma forma, pois ambos possuem direito à proteção constitucional. A votação teve votação unânime a favor da medida.

ldosos já pode receber 11 mil – Entenda a necessidade comprovada

ldosos já pode receber 11 mil – Entenda a necessidade  comprovada

Saiba quem tem direito ao LOAS 2019

O Brasil possui 22 tipos de programas sociais. Cerca de 57 milhões de pessoas são beneficiadas e recebem um benefício diretamente do Governo Federal. Um desses programas é o BPC e a LOAS. Esses programas garantem a pessoas com baixa renda a possibilidade possuir um tipo de aposentadoria.

O BPC – Benefício de Prestação Continuada – é, basicamente, o pagamento de um salário mínimo (R$ 998,00) para pessoas com baixa renda. Já a LOAS – Lei Orgânica da Assistência Social – é quem garante o BPC.

As pessoas beneficiadas por esse programa são: pessoas com deficiência de qualquer idade e idosos a partir de 65 anos. Em ambos os casos é imprescindível que a necessidade de receber o benefício seja comprovada.

O INSS estabelece alguns requisitos básicos para acesso ao benefício.

1) Renda mínima familiar de 1/4 do salário mínimo, que equivale a R$249,50;

2) As pessoas com deficiência precisam comprovar a impossibilidade de realizar atividades ativas na sociedade;

3) Avaliação do CRAS – Centro de Referência da Assistência Social atestando que a família é de baixa renda;

4) Inscrição da família no CadÚnico – Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal;

O bloqueio ou suspensão do serviço está sendo feito para pessoas que ainda não possui inscrição no CadÚnico. Os bloqueios iniciaram no mês de junho, sendo que as suspensões foram iniciadas no mês subsequente, julho. As suspensões serão finalizadas em junho de 2020. O calendário de suspensões segue o mês em que o beneficiado faz aniversário. Dessa forma, todas as pessoas que recebem o benefício devem regularizar a situação cadastral.

Veja qual a melhor forma de escolher um advogado especialista no caso

Veja qual a melhor forma de escolher um advogado especialista no caso

O advogado é o profissional indispensável quando o assunto é resolver questões jurídicas. Assim, é muito importante contratar um advogado antes de tentar resolver questões na justiça. Existem vários ramos em que estes profissionais atuam, basta escolher o ramo em que se encaixa no seu caso.

O problema encontrado por muitas pessoas está em e escolher o profissional. Em algumas cidades, por exemplo, há muitos profissionais disponíveis. Nesse sentido fica difícil escolher um que seja ideal para um perfil específico. Ler mais